Artigos

   

         MENSAGENS EDUCATIVAS POSITIVAS     

 

 

 

 TEMA: A (IN)DISCIPLINA E A SOBREVIVÊNCIA DA SOCIEDADE 

Prezado/a internauta

Há, na maioria dos países, nas pessoas, muita preocupação com o assunto "violência". Essa preocupação é devido à escalada de atos violentos que têm ocorrido na atualidade, e por isso, a maioria das pessoas almeja um lugar melhor para se viver, sem violência. E todos ficam se perguntando: - É possível transformar esse sonho em realidade? 
 
Para uma reflexão sobre as mudanças necessárias que ajudem na diminuição da violência, apresento o artigo onde relaciono violência, indisciplina e a sobrevivência da sociedade. Faço votos que as ideias do artigo possam contribuir para que sejam realizadas algumas ações para ajudar a mudar, para melhor, a sociedade humana, para que seja um lugar de paz e harmonia, onde todos possam exercer bem a sua liberdade e os seus direitos e deveres como cidadão. 
 
Sobre o tema (in)disciplina veja, no site, os livros "Disciplina e a Educação para a Cidadania" e "Criança Feliz, Adulto Feliz". 

    Com votos de paz, e no ideal de uma melhor sociedade humana, deixo-lhe um abraço fraterno,

    Antonio de Andrade

 Contato pelo e-mail opcao@editora-opcao.com.br  

 

É autorizado o uso do texto e capa do livro, por quaisquer meios, com a indicação do site.

A (IN) DISCIPLINA A E SOBREVIVÊNCIA DA SOCIEDADE

Antonio de Andrade *

      Os seres humanos procuram viver com outros, em sociedade, formando grupos organizados visando atingir objetivos comuns que não poderiam realizar sozinhos. Em grupos, os seres humanos vivem em pequenas comunidades, ou em cidades, formando os Estados e as nações. Isso ocorreu, na evolução da história da civilização, dos trogloditas até às grandes sociedades de hoje, e foi necessário que cada pessoa aprendesse algumas coisas indispensáveis para que vivesse em integração e interdependência umas com as outras, num processo crescente de socialização. Esses aspectos continuam a ser necessários, todos os dias: aprender uma língua, desenvolver hábitos de convívio social, aceitar um código de comportamento, aprender e respeitar regras e limites estabelecidos pela sociedade onde cada um vive, etc., aspectos que podem ser sintetizado na palavra "disciplina".

    Disciplina é o comportamento harmônico e equilibrado de cada indivíduo, dentro de um grupo social, indicando que ele aceita e respeita as regras estabelecidas pelo grupo no qual convive, na região geográfica e época onde ele vive, sabendo os seus limites e os seus deveres sociais, e respeitando e reconhecendo a autoridade, seja ela dos pais,  professores e de outros adultos. Uma pessoa com disciplina aprendeu e segue as regras do conviver sadio da sociedade onde vive, comporta-se com naturalidade e adequadamente, individual ou em grupos, tem boas maneiras, vive de modo integrado ao seu meio ambiente, sabendo respeitar os limites existentes, e como bom cidadão, sabendo exercer os seus direitos e deveres.

    As dificuldades de relacionamento encontradas na sociedade atual, indicam que esse aprendizado das regras saudáveis de agir e conviver está sendo afetado. Constata-se que há pessoas(e também grupos e organizações) que agem com indisciplina e sem respeito ao bem coletivo, encontrando-se uma inversão de valores com crise ética, mal-estar institucional(as pessoas estão perdendo a confiança em seus governantes e em certas instituições políticas), corrupção, problemas de crescimento e urbanização desordenados das cidades, falta de conscientização adequada para utilização racional dos recursos naturais de cada local do planeta, falta de respeito ao meio ambiente, desigualdades econômicas acentuadas com elevada concentração de renda em poucos em detrimento de muitos, exploração pelo trabalho, etc. Esses e muitos outros fatores estão gerando enormes problemas de comportamento e de convívio grupal, político e institucional, na sociedade atual. Nesse contexto, as pessoas com indisciplina possuem mais possibilidades de envolver-se em atos de violência, quaisquer que sejam eles.

    O aprendizado de regras de agir disciplinado torna o ser humano mais civilizado e com condições de conviver de modo saudável com os outros e esse aprendizado é, na realidade, condição para a sobrevivência da própria sociedade humana. O filósofo alemão Immanuel Kant (1724-1804) já afirmava que “a disciplina é condição necessária para arrancar o homem de sua condição natural selvagem.” E ele mostrava o caminho:“Tão só pela educação pode o homem chegar a ser humano. O homem é o que dele faz a educação.” É grande, por isso,a responsabilidade dos adultos, pais e educadores, na formação e educação das novas gerações!

    Por ser uma questão de sobrevivência da própria sociedade como um todo, o que ela almeja e deseja de cada pessoa que a compõe, em questão de disciplina? De modo geral, o ideal é que cada uma tenha um "autocontrole consciente", uma "disciplina consciente" para que possa existir um convívio saudável entre todos os seus membros. Desse modo haverá um ambiente adequado para a boa convivência entre todos, com participação ordeira e responsável, com paz, respeito, harmonia, de modo que cada um possa obter os resultados que se propõe, seja na escola, na família, nas organizações e num sentido mais geral, na sociedade, nos Estados e nas nações.

    Quando se estuda o passado da raça humana, encontra-se aquele estágio onde os seres humanos agiam como bárbaros, não respeitavam nenhuma regra de convívio entre as pessoas causando grandes destruições e massacres. Esse passado bárbaro da história da humanidade, mostra claramente que a sociedade humana necessita de regras de disciplina para que possa continuar a existir, fazendo com que cada pessoa venha a ser cidadão de qualidade, agindo com responsabilidade, exercendo os seus direitos e deveres, sabendo respeitar a si próprio e também, aos outros seres humanos, numa convivência harmoniosa, beneficiando a sociedade como um todo. O agir com disciplina não é contrário à liberdade individual, mas é uma condição essencial e indispensável para garantir, a cada pessoa, a própria liberdade, com cada uma exercendo os seus direitos e deveres de cidadão, características de uma sociedade civilizada, situação bem diferente daquela época de barbarismo, onde ninguém agia com disciplina e respeito.

    E você, o que pode fazer em seu âmbito de ação, seja no seu trabalho, na família, na escola, na igreja, no sindicato ou outros lugares para contribuir, com suas ações conscientes, para que ocorram mudanças nesse estado de coisas negativos de indisciplina, para que a sociedade humana venha a ser melhor? Vamos lá, não adianta ficar só reclamando que a sociedade humana está ruim, faça alguma coisa, faça a sua parte!

* Os Livros, Artigos, Cursos e Palestras do escritor Antonio de Andrade são encontrados somente pelo site www.editora-opcao.com.br  

* Leia, no site, em especial os Artigos  "Um novo enfoque para a violência", "Diga não à violência e sim ao agir com cidadania", "A autoimagem como causa da violência", "Pais, o futuro da sociedade, nas mãos, hoje!", "Pais, o que fazer para ter filhos felizes", "Crianças, que futuro?", "Criança feliz, não será adulto violento", "O dono do mundo", "Criança Feliz, Adulto Feliz", Pai ideal: firmeza com o coração", Diga não à violência e sim ao agir com cidadania", "Não aguento mais essas crianças!", "Crimes de adolescentes, o Estatuto, Mudanças e os saudosistas", etc. 

    Outras ideias para uma melhor sociedade humana, o autor desenvolve nos livros "Criança Feliz, Adulto Feliz", "Disciplina e a Educação para a Cidadania" e "Os Segredos de Fellicia", livros que podem ser encontrados pelo site www.editora-opcao.com.br 

 

Veja o que certo país fez para ter uma melhor sociedade, com disciplina, eliminando a indisciplina:

O grande exemplo de assepsia de um país

* Assepsia é o método de prevenir o acesso de germes nocivos ao organismo. Neste caso, em sentido sociológico, é a prevenção de aspectos negativos do comportamento humano na sociedade.

                                                                 

 



Um militar, com mão de ferro, assumiu o comando do país.
Em seis meses, dos cerca de 500 mil presidiários sobraram somente 50. Todos os outros (criminosos confessos) foram fuzilados.
Todo homem público (político, policial, juiz, etc) comprovadamente corrupto foi fuzilado (Existiam milhares de provas contra eles).
Todos os empresários ladrões foram fuzilados ou fugiram rápido do país.
Aquela multidão de drogados que ficavam dormindo nas ruas, fugiram desesperados para o país vizinho, para não terem que trabalhar ou seriam fuzilados.
Tinha uma mensagem de televisão onde o novo governo avisava que o país estava com câncer e que a única solução era extirpá-lo.
Exemplo: se algum parente seu foi extirpado, compreenda, ele era um câncer para a nação.
Depois de ter feito toda a limpeza no país, reorganizado o sistema político, judiciário e penal, esse militar convocou eleições diretas e se candidatou para presidente.
Venceu as eleições com 100% dos votos.


Hoje, esse país, Cingapura é um dos países mais seguros de se morar. E um dos mais desenvolvidos; mais seguro que os  Estados Unidos, Inglaterra ou Israel.
Já no avião, a ficha de desembarque tem um "DEAD" (morte) bem grande em vermelho e a explicação da penalidade sobre o porte de drogas. Qualquer droga!
Com zero vírgula quase nada de cocaína encontrada, o sujeito ou é sumariamente fuzilado, ou é condenado a prisão perpétua com trabalhos forçados.

Um surfista brasileiro tentou entrar em Cingapura com uma prancha de surf recheada de cocaína. Óbvio que ele traçou a sua própria morte. E a mãe do jovem traficante apareceu na TV brasileira pedindo para o governo interceder pelo filho. Não adiantou nada! Nem mãe, nem governo brasileiro, nem protestos evitaram o cumprimento da lei.
Nos hotéis, os "Guias da Cidade" têm uma página explicando que a polícia de Cingapura garante a integridade física de qualquer mulher 24 horas por dia (isso porque na antiga Cingapura, sem lei e ordem, as mulheres que saíam sozinhas eram estupradas e ou mortas)
O chiclete é proibido em Cingapura pelo simples fato de que, se jogados ao chão, sujam as calçadas da cidade.
Distribuir panfletos, sem chance!  Só em lojas e não devem ser entregues as pessoas que, se os quiserem pega-os numa gôndola ou suporte. Jogar no chão então... dá multa cara!

Ano retrasado, a secretária local de um amigo, que estava fazendo um trabalho por lá, foi seguida pela polícia desde sua casa até o trabalho. Quando chegou ao trabalho, ligou a seta do carro para entrar no prédio. Então a polícia deu-lhe sinal para que parasse. Um dos policiais veio até a janela do seu carro e disse: "Como a Sra. sabe, estamos fazendo uma campanha de civilidade no trânsito, multando os infratores e dando bônus a quem dirige corretamente. E a Sra., em todo o trajeto da sua casa até aqui, não cometeu nenhuma infração. Parabéns! Aqui está um cheque de 100 dólares cingapurianos
(equivalente a cerca de R$ 128,00) e pediria que a sra. assinasse o recibo, por favor.

Grande exemplo para outros países onde "o não cumprimento das leis" é regra. Grande exemplo de estímulo aos comportamentos corretos das pessoas, melhorando a sociedade.